Open Close
branco

Grupo Ambipar e Abiquim celebram 30 anos do Pró-Química

O Grupo Ambipar Response realizou, no dia 30 de agosto, na capital paulista, um almoço para celebrar os 30 anos do Pró-Química. O programa de abrangência nacional foi criado pela Abiquim no fim dos anos 80 e é operado há cinco anos pelo Grupo Ambipar. O Pró-Química exerce um importante papel na promoção da segurança do setor ao informar os procedimentos de transporte e manuseio de produtos químicos, além de atender emergências e incidentes envolvendo produtos perigosos, por meio de uma central 0800 que atua 24 horas.

O presidente do Conselho Diretor da Abiquim, Marcos De Marchi, ressaltou a parceria de sucesso entre a Associação e o Grupo Ambipar na gestão do Pró-Química e lembrou que o programa foi criado para aumentar a segurança e a sustentabilidade do setor, melhorando a segurança no transporte e no manuseio de produtos químicos no Brasil. “Seu lançamento foi um marco que ajudou os trabalhadores, as empresas do setor e os municípios”.

Segundo o diretor técnico do Grupo Ambipar, Dennys Spencer, o Pró-Química também garante um ambiente saudável para as gerações futuras e a parceria, entre Abiquim e Grupo Ambipar, tem gerado importantes projetos. “Desenvolvemos o aplicativo do Pró-Química, a nova Central de Emergência 24 horas e o Acordo de Cooperação Técnica com a Companhia Docas do Estado de São Paulo (Codesp)”.

Dois ex-colaboradores da Associação contaram ao Abiquim Informa como foi o trabalho para a criação do Pró-Química. A assessora de Assuntos Regulatórios e de Sustentabilidade da Associação Brasileira das Indústrias de Produtos de Limpeza e Afins (Abipla), Gisette Nogueira, era assessora técnica da Abiquim, explicou que o programa foi criado por meio de uma parceria entre a Associação, as empresas que formavam o Conselho Diretor, a Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (Cetesb), com o objetivo de atender as emergências envolvendo produtos químicos. “Depois ainda foram sendo feitos acordos com o Corpo de Bombeiros, os Centros de Toxicologia de cada estado e os Planos de Auxílio Mútuo”.

O diretor-executivo do Sindicato das Indústrias de Produtos Químicos para Fins Industriais e da Petroquímica no Estado de São Paulo (Sinproquim) e então gerente de Economia da Abiquim, Renato Endres, recorda que a participação das empresas associadas e do Corpo de Bombeiros foi essencial para a criação do Pró-Química. Endres contou que por ainda não existirem equipamentos para serem usados nos atendimentos, foram importadas 11 viaturas equipadas dos Estados Unidos e distribuídas pelo estado de São Paulo. Além disso, profissionais da Abiquim, Cetesb e do Corpo de Bombeiros foram treinar nos Estados Unidos e quando retornaram ao Brasil eles capacitaram os profissionais brasileiros, por meio de treinamentos e simulados.

Ainda não há comentário.

Publique o seu comentário

Comment form

Todos os campos marcados (*) são obrigatórios.